O velho mundo árabe

Vir pro Marrocos e não ir na Medina é praticamente a mesma coisa que não vir ao Marrocos. Medina é a cidade velha, o início de todas as cidades, o velho mundo árabe. É um emaranhado de ruelas que formam um grande labirinto e, dentro da Medina, temos de tudo: lojas, produtos, serviços, mercados, feiras,…

O sufoco da língua

A comparação que eu faço entre o francês de um francês e o francês de um marroquino é mais ou menos assim: falar em francês com um marroquino é como se você estivesse muito gripado, com uma congestão nasal forte, e ficasse tentando respirar mas está tudo tapado. E aí você puxa o ar, puxa…

Amor eterno pela cerâmica marroquina

  Quem ama design e arte vai amar as cerâmicas marroquinas. Elas estão por toda parte! São mesas, fontes, pisos, paredes, pratos, copos, bowls, vasos e muitos tipos de utensílios e objetos de decoração por todos os lados. São parte da cultura mais forte do Marrocos e são feitos em cooperativas que ficam em várias cidades, mas…

Babouche – Moda ou Medo?

    Ta… eu ia criar uma categoria “Brega” para deixar esse post, mas depois que li na Vogue que Babouche é o sapato do ano 2016, repensei e deixei em “Moda” mesmo, porque prefiro ser cool como você, nobre culega! (Se quiser ler, clique aqui para a Vogue.com e aqui para Vogue.com.br) Esse sapatinho,…

O sabor do Marrocos

  Definitivamente, o Marrocos tem sabor de cominho e hortelã. O cominho vai em praticamente todas as receitas. Cuscuz Marroquino, Tajine de carneiro, frango, boi ou legumes – tajine é um cozido de carne servido com legumes e tem a versão vegetariana, só de legumes -, nas saladas, na pastilla – uma torta de massa folhada bem…

Marrakech – “Marco Zero”

Cá estamos em Marrakech, a capital da Laranja, da Mãe Terra, do Atlas, do turismo e de tantas outras riquezas do Marrocos. A antiga capital do país, no século XVI, é uma das 4 capitais imperiais do Marrocos, junto com Fes, Meknes e Rabat, e a que atrai mais turistas de todas. E essa foto…