O que é que a marroquina tem?

Muita gente me pergunta como eu me visto aqui, se uso burca, se uso o corpo todo coberto etc. É realmente uma dúvida muito grande que todos têm quando vão arrumar as malas para vir para o Marrocos. E esse é um dos grandes mitos daqui. Dizem que mulher não pode mostrar a perna nem os ombros, mas não é verdade. A verdade é que não é muito bacana sair pela medina ou pela cidade nova vestida de rainha de bateria de escola de samba, ou seja, praticamente sem estar vestida, porém eles respeitam bastante os turistas.

Sempre indico que as mulheres evitem decotes grandes, roupas que deixam o corpo superexposto, shorts e saias muito curtas. Essas roupas podem até estar na mala das férias no Marrocos, mas prefira usá-las para sair a noite e ir aos restaurantes, baladas e cassinos que temos por aqui.

E há moda além de burcas e kaftans. Em Marrakech, por exemplo, há um bairro chamado Gueliz, que é um dos mais novos da cidade, com forte influência europeia, com várias marcas internacionais como M.A.C, Steven Maiden, Zara, H&M, Stella McCartney, Acessorize, Prada, Louis Vuitton e várias outras. Seria o Jardins, de São Paulo, ou o Leblon, do Rio de Janeiro, digamos.

As marroquinas amam moda internacional, adoram acessórios, maquiagens. Inclusive, além da M.A.C, há uma loja de maquiagens e cosméticos chamada Flormel, de origem italiana mas há 20 anos “radicada” na Turquia, que podemos encontrar em vários locais de Marrakech, e que tem produtos, maquiagens, cremes e esmaltes incríveis. Sou uma assídua frequentadora de lá.

E embaixo da burca, o que é que a marroquina tem? Muitas lingeries! Sim! Elas amam uma loja de lingerie e por aqui a gente encontra lojas incríveis da Europa, com opções e modelos que ninguém acredita. A questão da vestimenta que cobre o corpo totalmente é para sair na rua, para não se expor diante dos outros, porém em casa, com seus maridos, é vida normal.

Outra questão curiosa é que muitas saem na rua de pijama ou então te recebem em casa com aqueles conjuntinhos de plush, que usamos para dormir. Não me pergunte por que, mas é realmente comum ver, no inverno, mulheres de pijamas na rua. Obviamente, não passeando no shopping, mas indo da sua casa para a vizinha, ou indo ao mercadinho ao lado de casa etc. Pantufas acompanham o look.

Voltando às lojas, é bem comum ver a mulherada surpresa com as opções que temos no Marrocos e, principalmente, aqui em Marrakech. Stradivarius, Aldo e Mango também fazem parte do hall de marcas da Gueliz, assim como Adidas e Marwa, uma marca marroquina, parecida com a H&M, que está na minha lista de lojas favoritas para roupas do dia a dia.

Mas se você faz a linha étnica enquanto está viajando e gosta de usar coisas típicas dos lugares, vamos aos kaftans! Existe uma infinidade de opções aqui. Os mais famosos para os brasileiros são os kaftans da Adriana Bittencourt. Ela vende apenas na loja do hotel Mandarin Oriental. São realmente os mais bonitos que eu conheço! Além dos kaftans dela, que também são vendidos em São Paulo e no Brasil inteiro, temos kaftans sob medida em uma loja muito bacana, na Gueliz, que está no nosso roteiro de compras, e os kaftans da medina. Lá, podemos encontrar bastante opções para o dia a dia, praia, piscina, em tecidos menos nobres. Há também lojas mais escondidas na medina, e que também estão no nosso roteiro de compras, com as opções mais modernas, mais a cara das brasileiras, que podem ser usados para sair a noite, ir à festas, jantares mais despojados.

Ou seja, esqueça o mito de burcas e rostos cobertos e aproveite a sua viagem para o Marrocos para dar um up no guarda-roupa. Que tal?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s